02 Agosto 2021
Diversos / BLOG

Há 100 anos “fez-se” luz na Figueira da Foz

Casas Figueira da Foz

Dentro da liberdade dada pela Imoexpansão vou escrever sobre o tema, a electricidade no concelho da Figueira da Foz, dado que se comemora agora, o seu Centenário e porque também, foram 40 anos da minha vida, dedicado ao setor elétrico.

Foi, pela primeira vez, ligada a iluminação pública e particular eléctrica, a 20 de julho de 1921 no Bairro Novo e Esplanada Silva Guimarães, na cidade da Figueira.

Em agosto de 1921 é efetuado o contrato entre a Companhia Eléctrica Figueirense e a Assembleia Figueirense, para o início do fornecimento de energia eléctrica.

No ano de 1927 são oficialmente criados os Serviços Municipalizados de Electricidade e Água da CMFF

Pouca gente sabe, é que o concelho da Figueira da Foz, foi o primeiro a ser totalmente eletrificado em Portugal, em julho de 1971, com a povoação da Murtinheira (Quiaios) a ter luz elétrica, pois era a única povoação que ainda não estava eletrificada.

Em janeiro de 1980, os trabalhadores do setor eléctrico dos SMFF (Serviços Municipalizados da Figueira da Foz) são integrados na Eletricidade de Portugal – EDP/EP, por força da legislação governamental.

Como curiosidade, nos anos 70, dadas as dificuldades de tesouraria, os funcionários dos SMFF, quando chegava o fim do mês, ficavam todos à espera que o grande cliente da altura, a Empresa Vidreira da Fontela pagasse a fatura da energia, para poderem receber os seus vencimentos.

Após a nossa integração na EDP, felizmente, esses sobressaltos não voltaram a acontecer.

Um pequeno ”apontamento” para marcar o Centenário da Electrificação do Concelho da Figueira da Foz. Se houver oportunidade voltarei ao assunto.

Imobiliárias Figueira da Foz
Lucas dos Santos
(Quadro da EDP – Aposentado)