12 Julho 2021
Diversos / BLOG

Por que é que quase todas as casas têm rodapés?

A sua principal utilidade é proteger as paredes de pancadas e da humidade.

Casas Figueira da Foz

Existem em todas as divisões. Geralmente são da cor das portas ou do chão, embora possam ter um tom diferente. Referimo-nos aos rodapés, aquelas faixas de madeira, em cerâmica, porcelana ou outros materiais, que são colocadas rente ao chão na parte inferior das paredes. Mas por que é que existem rodapés?

A sua principal utilidade é proteger as paredes de pancadas ou humidade (aquela que fica quando se passa a esfregona, por exemplo, e que se não existisse iria diretamente para a parede). Tem também uma função decorativa e ao mesmo tempo cobre os espaços entre o chão e a parede. “O rodapé é uma solução construtiva que surge da necessidade de proteger a parte inferior das paredes da sujidade”, confirma Guillermo Ortega, do atelier Doos Interiorismo.

“O seu uso é comum em todo o mundo, pois é uma solução muito simples para vários problemas construtivos”, refere. Que problemas são esses? “A falta de alinhamento exato de 90º da parede em relação ao solo, e pequenas imperfeições quase impercetíveis como ondulações, texturas, acabamentos … O rodapé cobre aquele ponto chave e ajuda-nos a ver o acabamento mais alinhado”, afirmou.

Embora a madeira seja a mais comum, a verdade é que existem outros tipos de material. “Existem soluções ainda mais decorativas com formas mais curvas e outras mais criativas, como a integração de iluminação indireta de LED nelas, ou até o contrário: embutidas em relação à parede”, esclarece Ortega.

O que se deve levar em consideração na escolha do rodapé:

A parede: consoante a sua cor e textura, escolhermos um rodapé ou outro, consoante desejemos fundir ou contrastar.

O pavimento: os pavimentos de madeira movem-se com as mudanças de temperatura, pelo que o rodapé é altamente recomendado para tapar o vão que vamos deixar entre o chão e a parede.

Portas e carpintarias interiores em geral: é aconselhável que o rodapé seja igual ao caixilho da porta ou pelo menos coincida com os caixilhos e portas da casa. O mesmo acontece com o resto da mobília. Um rodapé muito escuro e uma mobília muito clara podem não ser totalmente harmoniosas.

É possível uma casa sem rodapés? Sim, mas é preciso ter em conta que o material das paredes deve então ser muito resistente (e também, deve ser um material que manche pouco) e o dos pavimentos também.

Casas Figueira da Foz

Um conselho, se tiveres a possibilidade de os escolher, experimenta deixá-los brancos principalmente se as portas também o forem, e verás como esta pequena mudança vai dar amplitude visual aos espaços.

Fonte: Idealista, 05 Julho 2021; 05:10h